sexta-feira, 24 de junho de 2011


Deslizo poemas
no rascunho do meu pensamento.
rimas, estrofes,
o sentido profundo de um verso
em convulsões de palavras
de certo modo latejam
o grito que escondo dentro de mim,
num desejado poema e,
permanece por muito tempo
(um tempo infinito).


Por Marilza Rezende



11 comentários:

  1. oi amiga, viajei neste lindo poema, bju terê

    ResponderExcluir
  2. Assim é a mente do poeta. As palavras dançam no cérebro, rebolam no coração, gritam na alma e explodem no papel.
    Adorei seu poema.
    Beijos e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  3. Gosto tanto desse blog e do seu modo de fazer poesia que o indico no meu espaço cor-de-rosa.
    Bom final de semana poetisa das cores, bjs, Dandara S.

    ResponderExcluir
  4. O poeta não é infinito, mas conduz a ele em cada verso...
    Um carinhoso abraço.

    ResponderExcluir
  5. A poesia sempre vale a pena .
    a arte ainda vai salvar o mundo ...

    um beijo , querida !

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Oi Marilza,

    Sem muitas elocubrações de minha parte...

    ...LINDO


    Bom Domingo

    ResponderExcluir
  8. Escrever poemas, sintetizar o sentimento deve ser sempre um grande sofrimento. Nem me atrevo, mas admiro enormemente aqueles que o fazem. Parabéns e abrs!

    ResponderExcluir
  9. Olá, Marilza :D
    Vim-te agradecer por me estar seguindo no Anjos Histéricos e aproveitar para deixar contigo o link de um segundo blog que mantenho com outras duas amigas: www.ocorvoblog.blogspot.com
    Não encare como propaganda, por favor. Acho isso tão chato, rs. Visite apenas se te despertar algum interesse.

    P.S.: gostei muito do tema do blog! Sempre gostei tanto dessas folhas amareladas... me lembram o Canadá, que sei lá por que me lembra alguma coisa boa. Enfim. Boa semana para ti!

    ResponderExcluir
  10. Gosta de tua palavras em forma de poesia, Marilza ficou muito lindo essa junção, por isso, parabéns querida...

    Beijocas

    ResponderExcluir
  11. Marilza,
    Encantada com seu blog, primeira vez que o visito.
    Viva a poesia.
    Tb estou te seguindo, adicionei seu blog nos meus favoritos.
    Abraço.
    Fé Fraga.

    ResponderExcluir